português BR » francês   Estações do ano e tempo


16 [dezesseis ]

Estações do ano e tempo

-

16 [seize]

Les saisons et le temps

16 [dezesseis ]

Estações do ano e tempo

-

16 [seize]

Les saisons et le temps

Clique para ver o texto:   
português BRfrançais
Estas são as estações do ano: Vo--- l-- s------:
A primavera, o verão, Le p--------- l----,
o outono, o inverno. l’------- e- l------.
   
O verão é quente. L’--- e-- c----.
No verão faz sol. En é--- l- s----- b-----.
No verão gostamos de passear. En é--- n--- a----- n--- p-------.
   
O inverno é frio. L’----- e-- f----.
No inverno neva ou chove. En h----- i- n---- o- i- p----.
No inverno gostamos de ficar em casa. En h----- n--- a----- r----- à l- m-----.
   
Está frio. Il f--- f----.
Está chovendo. Il p----.
Está ventando. Il y a d- v---.
   
Está calor. Il f--- c----.
Está sol. C’--- e---------.
Está bom tempo. C’--- g--.
   
Como está o tempo hoje? Co----- e-- l- t---- a---------- ?
Hoje está frio. Il f--- f---- a----------.
Hoje está calor. Il f--- c---- a----------.
   

Aprendizagem e emoções

Sempre que conseguimos nos comunicar em uma língua estrangeira, é um motivo de alegria. Ficamos orgulhosos com os nossos progressos linguísticos. Se, por outro lado, não formos bem sucedidos ficamos furiosos e desiludidos. Podemos, portanto, associar várias emoções à aprendizagem. Neste âmbito, estudos recentes têm propiciado conclusões interessantes. Estes estudos demonstram que as emoções desempenham um papel durante a aprendizagem. Pois as nossas emoções exercem influência sobre o êxito da aprendizagem. Aprender constitui sempre uma tarefa nova para o nosso cérebro. Uma tarefa que é preciso resolver. O sucesso (ou não) depende, pois, das nossas emoções. Ao acreditarmos que podemos resolver um dado problema ganhamos confiança. Esta estabilidade emocional ajuda-nos durante o processo de aprendizagem. Os pensamentos positivos estimulam as nossas capacidades intelectuais.

Assim sendo, a aprendizagem sob pressão não costuma apresentar bons resultados. As dúvidas e as preocupações prejudicam um bom desempenho. Temos, particularmente, dificuldades em aprender quando estamos com medo. Pois o nosso cérebro não consegue armazenar os conteúdos novos. É importante, por isso, que estejamos motivados para aprender. As emoções influenciam, deste modo, a aprendizagem. Mas a aprendizagem também pode influenciar as nossas emoções. As mesmas estruturas cerebrais que processam as informações factuais também processam as emoções. Por esta razão, a aprendizagem pode fazer-nos felizes, e quem está feliz aprende melhor. É claro que a aprendizagem nem sempre é interessante, por vezes pode revelar-se muito fatigante. Para tal, devemos estabelecer pequenas metas. Para que não sobrecarreguemos o nosso cérebro. E assim garantimos que as nossas expectativas se cumpram. Logo, o nosso sucesso torna-se uma recompensa, que nos mantém motivados. Agora, já sabe: aprenda e sorria ao mesmo tempo!