Guia de conversação

px Fazer perguntas 1   »   et Küsimuste esitamine 1

62 [sessenta e dois]

Fazer perguntas 1

Fazer perguntas 1

62 [kuuskümmend kaks]

Küsimuste esitamine 1

Escolha como deseja ver a tradução:   
Português (BR) Estoniano Tocar mais
aprender / estudar õ---ma õ_____ õ-p-m- ------ õppima 0
Os alunos aprendem muito? K-s -p-la--d õ-i----pal-u? K__ õ_______ õ_____ p_____ K-s õ-i-a-e- õ-i-a- p-l-u- -------------------------- Kas õpilased õpivad palju? 0
Não, aprendem pouco. Ei- ------iv-d --he. E__ n__ õ_____ v____ E-, n-d õ-i-a- v-h-. -------------------- Ei, nad õpivad vähe. 0
perguntar kü-ima k_____ k-s-m- ------ küsima 0
Faz muitas perguntas ao professor? Küs--e-t--t-h-i-õp---jal-? K_____ t_ t____ õ_________ K-s-t- t- t-h-i õ-e-a-a-t- -------------------------- Küsite te tihti õpetajalt? 0
Não, não lhe pergunto muitas vezes. E-- -a -i -üs---a-t -ihti. E__ m_ e_ k___ t___ t_____ E-, m- e- k-s- t-l- t-h-i- -------------------------- Ei, ma ei küsi talt tihti. 0
responder vast-ma v______ v-s-a-a ------- vastama 0
Responda, por favor. V-st-ke- pa-u-. V_______ p_____ V-s-a-e- p-l-n- --------------- Vastake, palun. 0
Eu respondo. M- -as--n. M_ v______ M- v-s-a-. ---------- Ma vastan. 0
trabalhar töö-ama t______ t-ö-a-a ------- töötama 0
Ele está trabalhando? Töötab-t--p--e-u? T_____ t_ p______ T-ö-a- t- p-a-g-? ----------------- Töötab ta praegu? 0
Sim, ele está trabalhando. Ja-,--- t--ta----aegu. J___ t_ t_____ p______ J-h- t- t-ö-a- p-a-g-. ---------------------- Jah, ta töötab praegu. 0
vir / chegar tulema t_____ t-l-m- ------ tulema 0
Você vem? T-le-e--e? T_____ t__ T-l-t- t-? ---------- Tulete te? 0
Sim, já vamos. J--- me--uleme -oh-. J___ m_ t_____ k____ J-h- m- t-l-m- k-h-. -------------------- Jah, me tuleme kohe. 0
morar el-ma e____ e-a-a ----- elama 0
Você mora em Berlim? E--te t- Ber---nis? E____ t_ B_________ E-a-e t- B-r-i-n-s- ------------------- Elate te Berliinis? 0
Sim, moro em Berlim. Jah-----e--- B-r--inis. J___ m_ e___ B_________ J-h- m- e-a- B-r-i-n-s- ----------------------- Jah, ma elan Berliinis. 0

Quem quiser falar, tem que escrever!

Nem sempre é fácil aprender línguas estrangeiras. No início, é sobretudo a expressão oral que os alunos de línguas consideram mais difícil. Muitos deles não se atrevem a formular frases na nova língua. Têm demasiado medo de cometer erros. Para esse tipo de alunos a escrita poderia ser uma solução. Pois quem quiser aprender a falar bem tem que escrever o máximo possível! Escrever ajuda-nos a integrar a nova língua. Há vários motivos por trás disso. O modo de funcionamento do ato de escrita é diferente do do ato da fala. Trata-se de um processo muito mais complexo. Quando estamos escrevendo, refletimos, durante mais tempo, sobre a escolha das palavras. Por conseguinte, o nosso cérebro trabalha mais intensivamente com a língua nova. Por outro lado, estamos muito mais relaxados quando estamos escrevendo. Não há ninguém do outro lado à espera de uma resposta imediata. E, deste modo, vamos perdendo aos poucos o medo em relação à língua estrangeira. Além disso, a escrita promove a criatividade. Sentimo-nos mais livres e mais dispostos para brincar com a nova língua. Ao escrevermos também temos mais tempo do que quando falamos. E isso reforça a nossa memória! A maior vantagem da escrita é, no entanto, a forma dissociada. Ou seja, nós conseguimos observar com exatidão os nossos resultados escritos na nova língua. Nós conseguimos ver tudo claramente diante de nós. E, deste modo, podemos superar e aprender com os nossos erros. Em princípio, não interessa o que se escreve na nova língua. Apenas é importante que se produza frases escritas com regularidade. Quem quiser praticar, podia arranjar um amigo por correspondência no estrangeiro. E, eventualmente, poderiam até se encontrar pessoalmente. No fim, iria verificar que falar tornou-se muito mais fácil!