Guia de conversação

px Trabalhar   »   hu Munka

55 [cinquenta e cinco]

Trabalhar

Trabalhar

55 [ötvenöt]

Munka

Escolha como deseja ver a tradução:   
Português (BR) Húngaro Tocar mais
Em que você trabalha? M- - -o-lal---á--? M_ a f____________ M- a f-g-a-k-z-s-? ------------------ Mi a foglalkozása? 0
O meu marido trabalha como médico. A---r-e- -o---l--z------v-s. A f_____ f___________ o_____ A f-r-e- f-g-a-k-z-s- o-v-s- ---------------------------- A férjem foglalkozása orvos. 0
Eu trabalho em meio período como enfermeira. É- félna-o- -o---z--,-mint-áp-ló--. É_ f_______ d________ m___ á_______ É- f-l-a-o- d-l-o-o-, m-n- á-o-ó-ő- ----------------------------------- Én félnapot dolgozom, mint ápolónő. 0
Em breve receberemos a aposentadoria. Nem--------apu-k n-ug----t. N________ k_____ n_________ N-m-o-á-a k-p-n- n-u-d-j-t- --------------------------- Nemsokára kapunk nyugdíjat. 0
Mas os impostos são elevados. D--az-adók--a--sa-. D_ a_ a___ m_______ D- a- a-ó- m-g-s-k- ------------------- De az adók magasak. 0
E o seguro de saúde é elevado. É- a-bete-b--t-------d-ág-. É_ a b______________ d_____ É- a b-t-g-i-t-s-t-s d-á-a- --------------------------- És a betegbiztosítás drága. 0
O que você quer ser no futuro? Mi--ka-s--eg-s--r-lenn-- / Mi----re---l-l--n-? M_ a_____ e______ l_____ / M_ s________ l_____ M- a-a-s- e-y-z-r l-n-i- / M- s-e-e-n-l l-n-i- ---------------------------------------------- Mi akarsz egyszer lenni? / Mi szeretnél lenni? 0
Eu quero ser engenheiro. Mé-nö---z--e-n-k---nn-. M_____ s________ l_____ M-r-ö- s-e-e-n-k l-n-i- ----------------------- Mérnök szeretnék lenni. 0
Eu quero estudar na universidade. A- ---ete-e---kar-k tan-l--. A_ e________ a_____ t_______ A- e-y-t-m-n a-a-o- t-n-l-i- ---------------------------- Az egyetemen akarok tanulni. 0
Eu sou estagiário. G-a--r--k ---y--. G________ v______ G-a-o-n-k v-g-o-. ----------------- Gyakornok vagyok. 0
Eu não ganho muito. N-m k-r---k ----t. N__ k______ s_____ N-m k-r-s-k s-k-t- ------------------ Nem keresek sokat. 0
Eu estou fazendo um estágio no exterior. K-l---dö-----nál-------s-ak--- --a-orlat-t. K________ c_______ e__ s______ g___________ K-l-ö-d-n c-i-á-o- e-y s-a-m-i g-a-o-l-t-t- ------------------------------------------- Külföldön csinálok egy szakmai gyakorlatot. 0
Este é o meu patrão. Ő-a f--ö-öm. Ő a f_______ Ő a f-n-k-m- ------------ Ő a főnököm. 0
Eu tenho colegas simpáticos. Ke-ves-k-llégáim-v-nn-k. K_____ k________ v______ K-d-e- k-l-é-á-m v-n-a-. ------------------------ Kedves kollégáim vannak. 0
Na hora do almoço vamos sempre à cantina. Dé-------------- ----i-ko--há-a m------. D_____ m_____ a_ ü____ k_______ m_______ D-l-e- m-n-i- a- ü-e-i k-n-h-b- m-g-ü-k- ---------------------------------------- Délben mindig az üzemi konyhába megyünk. 0
Eu estou procurando emprego. Á---------ese-. Á_____ k_______ Á-l-s- k-r-s-k- --------------- Állást keresek. 0
Eu já estou há um ano desempregado /-a. Má- eg- -v----nk--élk-li-v--yo-. M__ e__ é__ m___________ v______ M-r e-y é-e m-n-a-é-k-l- v-g-o-. -------------------------------- Már egy éve munkanélküli vagyok. 0
Neste país há desempregados de mais. E--en-az o--z--b-n--úl s-k--un-anél-ü-- v-n. E____ a_ o________ t__ s__ m___________ v___ E-b-n a- o-s-á-b-n t-l s-k m-n-a-é-k-l- v-n- -------------------------------------------- Ebben az országban túl sok munkanélküli van. 0

A memória precisa da linguagem

Quase toda a gente se lembra do primeiro dia da escola. Porém, não conseguimos nos lembrar de tudo o que aconteceu antes dessa data. Dos primeiros anos de vida não temos praticamente nenhuma recordação. Mas porque é que isto acontece? Porque é que não nos lembramos daquilo que vivemos quando éramos bebês? A razão prende-se ao nosso desenvolvimento. A língua e a memória desenvolvem-se praticamente ao mesmo tempo. Para se recordar de alguma coisa, o ser humano precisa da linguagem. Ou seja, ele precisa de ter palavras para o que vive. Os cientistas conduziram vários estudos com crianças. Nos quais fizeram uma descoberta interessante. Assim que começam a falar, as crianças esquecem as suas experiências anteriores. O início da linguagem é, portanto, também o princípio da memória. Nas primeiros três anos de vida, as crianças aprendem muito. Todos os dias experienciam coisas novas. É também nesta idade que vivem muitas experiências importantes. Apesar disso, nenhuma destas experiências permanece na memória. Os psicólogos apelidam este fenômeno de amnésia infantil. Só as coisas que as crianças conseguem nomear é que permanecem. A memória autobiográfica preserva as recordações pessoais. Funciona como um diário. Nela é armazenado tudo aquilo que é importante para a nossa vida. Deste modo, a memória autobiográfica forma também a nossa identidade. O seu desenvolvimento depende, porém, da aprendizagem da língua materna. E só através da nossa língua é que podemos ativar a nossa memória. Claro que as coisas que vivenciamos quando éramos bebês não foram apagadas da nossa memória. Estão armazenadas em alguma parte do nosso cérebro. Só que não podemos mais ter acesso a elas... - é realmente uma pena, não é?