Guia de conversação

pt Lojas   »   sl Opravki

53 [cinquenta e três]

Lojas

Lojas

53 [triinpetdeset]

Opravki

Você pode clicar em cada espaço em branco para ver o texto ou:   
Português (PT) Esloveno Tocar mais
Nós estamos à procura de uma loja de desporto. Iš---- (i-----) t------- s š-------- p------------. Iščemo (iščeva) trgovino s športnimi potrebščinami. 0
Nós estamos à procura de um talho. Iš---- (i-----) m-------. Iščemo (iščeva) mesarijo. 0
Nós estamos à procura de uma farmácia. Iš---- (i-----) l------. Iščemo (iščeva) lekarno. 0
É que nós queríamos comprar uma bola de futebol. Ra-- b- n----- k----- (R--- b- k------ R--- b- k-----) n-------- ž---. Radi bi namreč kupili (Rada bi kupila, Rade bi kupile) nogometno žogo. 0
É que nós queríamos comprar um salame. Ra-- b- n----- k----- (R--- b- k------ R--- b- k-----) s-----. Radi bi namreč kupili (Rada bi kupila, Rade bi kupile) salamo. 0
É que nós queríamos comprar medicamentos. Ra-- b- n----- k----- (R--- b- k------ R--- b- k-----) z-------. Radi bi namreč kupili (Rada bi kupila, Rade bi kupile) zdravila. 0
Nós estamos à procura de uma loja de desporto para comprarmos uma bola de futebol. Iš---- (i-----) t------- s š-------- p------------- d- b- k----- (k------ k-----) n-------- ž---. Iščemo (iščeva) trgovino s športnimi potrebščinami, da bi kupili (kupili, kupile) nogometno žogo. 0
Nós estamos à procura de um talho para comprarmos salame. Iš---- (i-----) m-------- d- b- k----- (k-----) s-----. Iščemo (iščeva) mesarijo, da bi kupili (kupile) salamo. 0
Nós estamos à procura de uma farmácia para comprarmos medicamentos. Iš---- (i-----) l------- d- b- k----- (k-----) z-------. Iščemo (iščeva) lekarno, da bi kupili (kupile) zdravila. 0
Estou à procura de uma joalharia. Iš--- z-------. Iščem zlatarja. 0
Estou à procura de uma loja de fotografias. Iš--- t------- s f-------------. Iščem trgovino s fotomaterialom. 0
Estou à procura de uma pastelaria. Iš--- s----------. Iščem slaščičarno. 0
Eu tenciono comprar um anel. Ho--- n----- k----- p-----. Hočem namreč kupiti prstan. 0
Eu tenciono comprar um rolo fotográfico. Ho--- n----- k----- f---. Hočem namreč kupiti film. 0
Eu tenciono comprar uma tarte. Ho--- n----- k----- t----. Hočem namreč kupiti torto. 0
Estou à procura de uma joalharia para comprar um anel. Iš--- z-------- k-- b- r-- k---- p-----. Iščem zlatarja, ker bi rad kupil prstan. 0
Estou à procura de uma loja de fotografias para comprar um rolo. Iš--- t------- s f-------------- k-- b- r-- k---- f---. Iščem trgovino s fotomaterialom, ker bi rad kupil film. 0
Estou à procura de uma pastelaria para comprar uma tarte. Iš--- s----------- k-- b- r-- k---- t----. Iščem slaščičarno, ker bi rad kupil torto. 0

Mudança de código linguístico = mudança de personalidade

A nossa língua pertence-nos. Ela é uma parte importante da nossa personalidade. Há muitas pessoas, no entanto, que falam várias línguas. Será que isto significa que elas têm várias personalidades? Os cientistas acreditam que sim! Quando mudamos de língua, estamos a mudar também a nossa personalidade. Ou seja, passamos a comportar-nos de um modo diferente. Foi esta a conclusão a que chegaram cientistas americanos. Investigaram o comportamento de duas mulheres bilingues. As mulheres tinham tido uma educação bilingue com inglês e espanhol. Elas conheciam igualmente bem ambas as línguas e culturas. Apesar disso, o seu comportamento dependia da língua que falavam. Quando falavam espanhol, mostravam-se mais seguras. Também se sentiam confortáveis, quando se encontravam num ambiente de língua espanhola. Quando falavam inglês, o seu comportamento mudou. Mostraram-se menos confiante e muito mais inseguras. Os investigadores notaram também que as mulheres pareciam sentir-se mais sozinhas. Logo, a língua que nós falamos pode influenciar o nosso comportamento. Os investigadores desconhecem ainda por que motivo isto acontece. É possível que sigamos as normas culturais. Quando falamos pensamos na cultura associada a essa língua. Isso acontece de forma automática. Por esta razão, tentamos adaptar-nos a essa mesma cultura. Nós comportamo-nos, assim, de acordo com os hábitos de cada cultura. Em algumas experiências realizadas, os falantes chineses mostraram-se muito reservados. Mas quando falavam inglês revelaram-se muito mais abertos. Se calhar, nós mudamos o nosso comportamento para nos integrarmos melhor. No fundo, nós queremos ser como aqueles com quem nós falamos em pensamento...